Opel Insignia GSi

Opel abre encomendas do desportivo Insignia GSi

  • Variantes de carroçaria Grand Sport e Sports Tourer;
  • Motores 2.0 BiTurbo D (210 cv) a gasóleo e 2.0 Turbo (260 cv) a gasolina;
  • Caixa automática de oito velocidades com comandos no volante;
  • Suspensão com controlo eletrónico;
  • Tração integral com vetorização de binário;
  • Novos bancos desenvolvidos pela Opel, com certificação AGR;
  • Preços a partir de 55.680 euros.

Já a partir dos primeiros dias do novo ano de 2018 vai ser possível encomendar em Portugal o novo Opel Insignia GSi. A expetativa em torno da versão de elevada ‘performance’ da nova geração Insignia tem vindo a aumentar desde a estreia mundial no Salão de Frankfurt no passado mês de setembro. No seu novo topo de gama, a Opel promete uma máquina «para conhecedores», com dinâmica referencial, sem perder de vista o conforto e a utilização familiar. Os preços iniciam-se em 55.680 euros para a variante Grand Sport GSi e 57.030 euros para a Sports Tourer GSi. As primeiras entregas a clientes ocorrerão no início de março.

A opção Diesel da linha GSi assenta no novo 2.0 BiTurbo D de altas ‘performances’, que debita 210 cv de potência e entrega nada menos que 480 Nm de binário logo às 1500 rpm. Os consumos quedam-se em 8,9 l/100 km em ciclo urbano, 6,1 l/100 km em ciclo extraurbano e 7,3 l/100 km no ciclo misto (norma NEDC). As emissões de CO2 são de 192 g/km.

A alternativa, a gasolina, é constituída pelo potente 2.0 Turbo de 260 cv (consumos NEDC: urbano 11,2 l/100 km, extraurbano 7,1 l/100 km, misto 8,6 l/100 km, emissões CO2 197 g/km). Esta versão debita um elevadíssimo binário máximo de 400 Nm, constante entre as 2500 e as 4000 rpm. Este é um dos fatores que permite ao Insignia Grand Sport GSi 2.0 Turbo acelerar de zero a 100 km/h em apenas 7,3 segundos e alcançar 250 km/h de velocidade.

Todos os Insignia GSi estão dotados de um chassis com ‘set-up’ especialmente dinâmico. Em particular destaque está a suspensão com novas molas mais curtas e amortecedores especiais com controlo eletrónico, a par do sofisticado sistema de tração integral com vetorização de binário, da caixa de velocidades de oito velocidades com comandos no volante e dos pneus Michelin Pilot Sport 4 S da mais recente geração.

O novo Insignia GSi foi extensamente testado no circuito grande de Nürburgring (Nordschleife) – a pista de competição automóvel mais dura do mundo. Do resultado desses testes saíram as afinações que tornam o chassis deste desportivo tão preciso. As molas reduzem a distância ao solo em 10 mm e os amortecedores controlam de forma particularmente eficaz os movimentos da carroçaria. Os sistemas mecatrónicos, como o FlexRide de controlo do amortecimento, ajustam-se em frações de segundo à estrada e aos comandos do condutor. Este sistema, aliás, intervém diretamente na pressão dos amortecedores, na assistência da direção, no curso do acelerador e nos pontos de troca de velocidades da caixa automática de oito velocidades. O condutor pode selecionar três modos de funcionamento pré-programados: Standard, Tour e Sport. O GSi oferece um modo especial Competition, ativado na tecla do ESP, que desliga o controlo de tração e permite a condutores mais experientes explorarem os limites da condução desportiva. Do lado da travagem, a Opel escolheu travões Brembo, com discos de dimensões generosas, para equipar o seu novo Insignia de alto desempenho.

Um dos expoentes tecnológicos do Opel Insignia GSi é a tração integral Twinster, com vetorização de binário – algo que é único no segmento. Neste sistema de transmissão às quatro rodas o diferencial traseiro convencional é substituído por duas embraiagens multidiscos, uma para cada roda. Assim, instantaneamente, é possível entregar débitos variáveis de força motriz a cada roda, de forma independente. Graças a isso, o Insignia revela uma agilidade superior e mantém trajetórias com facilidade surpreendente, mesmo a velocidades elevadas.

Todos estes ingredientes dinâmicos têm paralelo no lado estético. A Opel escolheu um visual sóbrio para a versão GSi mas não prescindiu de novos para-choques, com entradas de ar de grandes dimensões à frente. As saias laterais jogam um papel importante no capítulo aerodinâmico, bem como o ‘spoiler’ traseiro mais proeminente que o das outras versões.

Do equipamento opcional fazem parte novos bancos de tipo ‘bacquet’, exclusivos do GSi, que foram desenvolvidos pela Opel e certificados pela agência alemã de especialistas em ergonomia AGR. Apesar das características vincadamente desportivas, estes bancos forrados a couro de elevada qualidade oferecem um nível de conforto invulgar, com funções de aquecimento, ventilação, massagem e regulação do apoio lateral. Entre os sofisticados sistemas do Insignia que intervêm na dinâmica é de referir também os faróis de matriz de LED IntelliLux, com múltiplos padrões de funcionamento, capazes de alumiar até distâncias de 400 metros.

A linha Opel Insignia GSi

  Potência P.R.V.P.
Opel Insignia Grand Sport GSi 2.0 Turbo 260 cv 55.680 €
Opel Insignia Sports Tourer GSi 2.0 Turbo 260 cv 57.030 €
Opel Insignia Grand Sport GSi 2.0 BiTurbo D 210 cv 66.330 €
Opel Insignia Sports Tourer GSi 2.0 BiTurbo D 210 cv 67.680 €
Os comentários para esta postagem estão desativados.