peugeot-208-wrx-t-hansen-02.388258.43

TEAM PEUGEOT TOTAL APONTA MAIS ALTO COM O PEUGEOT 208 WRX

Após os recentes sucessos alcançados no Dakar, o Team PEUGEOT Total lança-se numa nova aventura: o Campeonato do Mundo FIA de Rallycross (WRX). Para o seu primeiro ano de envolvimento oficial no seio desta espetacular e competitiva disciplina, a equipa PEUGEOT SPORT está a ultimar o PEUGEOT 208 WRX 2018, modelo que tem demonstrado enorme potencial no rallycross desde a sua estreia em 2014.

3 pilotos oficiais vão representar o Team PEUGEOT Total nas 12 provas do calendário FIA do Campeonato do Mundo de Rallycross: o lendário Sébastien Loeb, 9 vezes Campeão do Mundo de Ralis, a referência Timmy Hansen, piloto muito rápido, e Kevin Hansen, o seu intrépido irmão mais novo (19 anos). Os dois pilotos suecos encarnam a “nova geração”, integrando ambos a dinastia mais laureada da história da disciplina, e irão beneficiar de toda a experiência de condução de Loeb.
Uma nova versão do PEUGEOT 208 WRX está a ser desenvolvida para o campeonato de 2018. Ela ainda irá evoluir ao longo da temporada, com a integração de novos desenvolvimentos e atualizações que serão feitas de modo regular. O objetivo é simples: obter o máximo de pontos possível desde o início do ano de modo a conquistar os títulos de Pilotos e Equipas, completando o brilhante palmarés da PEUGEOT no desporto automóvel.
Enquanto Sébastien Loeb e Timmy Hansen irão estar aos comandos do PEUGEOT 208 WRX 2018 com as novas especificações técnicas, Kevin Hansen contará com uma evolução do modelo que correu em 2017. Os desenvolvimentos a fazer no PEUGEOT 208 WRX, modelo que debita 560 cavalos, foram projetados para o tornar ainda mais potente e eficiente. Este Leão não só será mais leve e mais rápido como também será mais fácil de conduzir, com um chassis mais reativo e tendo mais binário disponível.
Os engenheiros da PEUGEOT SPORT têm trabalhado incansavelmente em todas as áreas: peso, motor, amortecedores, suspensão, mudança de velocidades e aerodinâmica, com novas asas e um novo para-choques. O novo design do modelo de competição é muito cativante, mantendo uma forte semelhança com a bem sucedida proposta comercial, o PEUGEOT 208 de série, da qual deriva.

peugeot-208-wrx-k-hansen-03.388256.43

Bruno Famin, Diretor da PEUGEOT SPORT

“Trata-se do início de um ano emocionante para nós já que o Campeonato do Mundo de Rallycross será o novo programa principal da PEUGEOT, como equipa oficial, enfrentando novos rivais e num novo ambiente. No entanto, mesmo que tenhamos um conhecimento da disciplina através da equipa PEUGEOT-Hansen, teremos de nos manter realistas. Os nossos concorrentes têm uma enorme experiência, enquanto nós vamos ter de absorver as coisas de A a Z, pelo que haverá um tempo de adaptação! É um desafio. Apontamos às vitórias já nesta temporada e ainda mais nos próximos anos. Decidimos envolver-nos no Mundial de Rallycross porque acreditamos no futuro da disciplina: pelo seu formato, rápido e intenso, pelo público, mais jovem do que em outros desportos motorizados e em muito maior número e, acima de tudo, porque acreditamos no futuro elétrico deste campeonato. Estamos já a planear o desenvolvimento da próxima geração com motores elétricos, para respondermos a um novo público, com o objetivo de promover o PEUGEOT 208 e seu substituto, que simbolizará a transição energética da PEUGEOT.”

Olivier Jansonnie, Director Técnico da PEUGEOT SPORT

“O objetivo do nosso novo modelo é chegar ao mais alto nível, que nos permita competir com os melhores pilotos de rallycross e lutar pelo campeonato. Analisámos todas as peças do PEUGEOT 208 WRX para identificar todas as formas de atingirmos esses objetivos. O nosso novo automóvel será melhorado ao longo da temporada, fruto da introdução dos novos desenvolvimentos técnicos que iremos testar. Vamos iniciar o campeonato com um pacote já comprovado, mas a adição de novos elementos para ganhar em performance poderá levar a riscos em termos de fiabilidade. Sabemos que o desafio é enorme mas os nossos pilotos são capazes de lutar pelas vitórias, pelo que acho que nós temos um enorme potencial.”

Sébastien Loeb, Team PEUGEOT Total driver #9

“Tenho grandes ambições para esta nova temporada. A chegada da PEUGEOT como equipa oficial é exatamente o que precisávamos para subir um patamar e lutar pelos títulos. Até aqui estivemos perto, mas estava a faltar algo mais. O compromisso oficial da PEUGEOT vai dar-nos esse extra. Não poderemos contar com todas as evoluções logo desde o início da temporada. Vai ser complicado lutar pelo título logo desde as primeiras corridas, mas nunca se sabe como o campeonato irá evoluir. Do lado da condução, o rallycross é a experiência mais intensa que um piloto pode ter. As corridas são muito curtas e as sensações incríveis. Os carros parecem os grandes WRC, com 600 cavalos, e dão muito prazer. Mal posso esperar pelo início desta temporada.”

Timmy Hansen, Team PEUGEOT Total driver #21

“Nunca estive envolvido a um nível tão elevado com uma equipa oficial. É, para mim, uma honra ter sido escolhido para representar a PEUGEOT num momento tão importante. Esperamos contar com um carro mais competitivo este ano, com todos os desenvolvimentos implementados pelos engenheiros da PEUGEOT SPORT. As nossas hipóteses de sermos bem sucedidos são maiores, mas temos de estar conscientes que iremos enfrentar um conjunto de adversários formidáveis neste campeonato. Eu prefiro manter os pés no chão e lutar em pista! O meu objetivo é dar o melhor de mim em cada corrida e ajudar a equipa a seguir em frente, passo a passo. Estou 100% pronto para sentar-me ao volante do PEUGEOT 208 para a primeira corrida em Barcelona. A seguir poderemos ver onde nos situamos face aos nossos concorrentes.”

Kévin Hansen, Team PEUGEOT Total driver #71

“É uma oportunidade excecional para mim poder integrar a equipa oficial da PEUGEOT. Talvez alguns estejam surpreendidos, porque a minha temporada de 2017 não foi fantástica, mas eu aprendi muito e tenho a certeza que posso ir mais além. O meu objetivo é qualificar-me para as Finais com maior frequência do que no ano passado. Se atingir esse objetivo, poderemos maximizar as nossas hipóteses. É ótimo desfrutar do savoir-faire 360° da PEUGEOT SPORT. Os grandes fabricantes estão cada vez mais interessados no futuro da nossa disciplina, especialmente com a chegada de um campeonato elétrico, o que é muito positivo.”

SABIA QUE?

O rallycross (WRX) resulta da combinação dos ralis e de provas de circuito numa série de corridas curtas e espetaculares, disputadas a nível internacional. Vários pilotos rolam em simultâneo num traçado misto de asfalto e terra. O Campeonato do Mundo atrai um público jovem e o seu formato, aberto aos espectadores, é feito sob medida para registos de vídeo, redes sociais e televisão, tendo o objetivo de se tornar elétrico em 2020).

Os comentários para esta postagem estão desativados.