Abarth Monte Carlo

Época de 2019 abre com o Abarth 124 rally a competir no Rali de Monte Carlo

 

  • Os italianos Enrico Brazzoli (campeão do mundo de WRC3 em 2018) e Manuel Fenoli vão participar com o Abarth 124 rally do Bernini Rally Team.
  • O 124 rally teve uma excelente performance na neve no Rali de Monte Carlo de 2018.
  • Este ano, o Abarth 124 rally irá defender os títulos conquistados em 2018 na Taça FIA R-GT e na Classe R-GT do Campeonato Europeu de Ralis, ERC.

 

O Abarth 124 rally vai iniciar a época de 2019 no Rali de Monte Carlo, a primeira prova do Campeonato Mundial de Ralis (WRC), com Enrico Brazzoli em equipa com Manuel Fenoli (ITA), ao volante de uma viatura do Bernini Rally Team.
O spider com o símbolo do escorpião é campeão em título da Taça FIA R-GT, considerada o campeonato mundial das viaturas de Gran Turismo, conquistada o ano passado pelos franceses Raphael Astier e Frédéric Vauclare. Brazzoli é campeão mundial por direito próprio, já que venceu em 2018 a Taça WRC3 reservada a viaturas de tração dianteira. Este ano, o italiano decidiu repetir a experiência internacional competindo na Taça FIA R-GT ao volante da viatura que dominou a categoria.
O Rali de Monte Carlo é um importante evento na história do Abarth 124 rally no mundo da competição. Em 2017, na sua estreia mundial, a viatura demonstrou de imediato o potencial competitivo com a excelente performance conseguida pelo jovem italiano Fabio Andolfi em equipa com Manuel Fenoli que, este ano, irá juntar-se a Brazzoli. Os italianos Andrea Nucita e Marco Vozzo melhoraram o desempenho no ano passado ao averbarem um retumbante 4.º lugar na classificação geral entre as viaturas oficiais de tração integral do WRC na etapa especial mais difícil, com mau tempo, neve e gelo.
Também este ano se espera neve e gelo em parte da prova, que começou quinta-feira, 24 de janeiro, em Gap, e que seguramente irá tornar o Campeonato Mundial de Ralis ainda mais duro. Haverá duas etapas especiais no primeiro dia e seis no segundo, sexta-feira, 25. No sábado, 26, as etapas cronometradas serão quatro e na grande final no domingo, 27, haverá mais quatro etapas especiais, incluindo duas passagens pelo lendário Col de Turini. No total, os concorrentes irão enfrentar 1.366 km, 323 dos quais em provas cronometradas ao longo de 16 etapas especiais.
Enrico Brazzoli demonstrou-se entusiasmado com a nova viatura depois dos primeiros testes. “Para um piloto italiano, competir no Rali de Monte Carlo ao volante de um Abarth é um sonho feito realidade. A viatura oferece excelentes performances e grande potência, e sinto-me otimista em relação ao campeonato, embora Monte Carlo nunca tenha sido uma prova fácil, sendo famosa pelas suas armadilhas e imprevistos.”
A tradição Abarth nesta prova está repleta de sucessos, como a vitória do alemão Walter Rohrl em 1980 ao volante de um 131 Rally que abriu caminho para a conquista, nesse ano, dos títulos de Campeão Mundial de Marcas e de Pilotos.
A Abarth está a organizar, para clientes interessados na atividade desportiva, o campeonato monomarca Abarth Rally Cup 2019, que se repartirá por seis prestigiadas provas inseridas no Campeonato Europeu de Ralis, FIA-ERC, com um elevado prémio em dinheiro e muito espetáculo, já que as provas contam com muitos fãs. O troféu Abarth Rally Cup terá início a 2 de maio, no Rali das Ilhas Canárias, e terminará no Rali da Hungria, a 3 de novembro.

Os comentários para esta postagem estão desativados.