d85086789a69ac8a23c307df357d5caac2aba72f

Opel aumenta autonomia dos elétricos

  • Autonomias WLTP dos modelos Corsa-e e Mokka-e aumentam para 359 e 338 quilómetros, respetivamente;
  • Extensão de autonomia em ambiente real alcançada através da otimização da bomba de calor, da relação de transmissão e dos pneus;
  • A Opel já disponibiliza na sua gama de produtos nove veículos de passageiros e ligeiros de mercadorias eletrificados.

O desenvolvimento contínuo do Opel Corsa-e e do Opel Mokka-e tem-se traduzido em aumentos significativos nas autonomias de ambos os modelos – não só no ciclo oficial WLTP (Worldwide harmonized Light vehicles Test Procedure), mas também no mundo real.

Com uma única carga de bateria, o premiado Opel Corsa-e, lançado em 2019, pode agora percorrer até 359 quilómetros1 de acordo com o ciclo WLTP, um aumento de cerca de sete por cento. A autonomia do Mokka-e, que entrou em comercialização em 2020 e que foi, mais recentemente, distinguido com o prestigiado galardão “Goldenes Lenkrad 2021” (“Volante de Ouro”)2, aumentou para 338 km1 (WLTP).

Os aumentos de autonomia foram alcançados, por exemplo, através da otimização dos sistemas de Aquecimento, Ventilação e Ar Condicionado, e de propulsão do Opel Corsa-e e do Opel Mokka-e.

A eficiência da bomba de calor, que aquece e arrefece o habitáculo – equipamento de série em ambos os modelos – é agora ainda mais elevada do que anteriormente. As bombas de calor são mais eficientes do que os sistemas de climatização convencionais, uma vez que requerem menos energia da bateria, para o benefício da autonomia de condução. Os condutores notarão as melhorias, particularmente, ao conduzir durante os meses de inverno.

A nova relação de redução de transmissão, bem como os pneus com classificação A+ para as jantes de 16 polegadas do Corsa-e e de 17 polegadas do Mokka-e, contribuem, igualmente, para o aumento de autonomia.

O Opel Corsa-e e o Opel Mokka-e fazem parte da abrangente ofensiva de eletrificação do fabricante alemão. A Opel já disponibiliza nove linhas de veículos eletrificados no mercado, desde veículos de passageiros até veículos comerciais ligeiros. O portfólio de produtos da marca será totalmente eletrificado até 2024. A Opel concentrar-se-á, inteiramente, nos veículos elétricos alimentados a bateria, na Europa, a partir de 2028.

 


[1] Gama para o mercado alemão. Valores de consumos de combustível e de emissões de CO2 foram determinados de acordo com a norma de testes WLTP (R (EC) No. 715/2007, R (EU) No. 2017/1151. A autonomia real pode variar consoante as condições do dia a dia e depende de vários fatores como o estilo de condução, características do percurso, temperatura exterior, utilização do aquecimento, ar condicionado e pré-climatização térmica.

[2] Edição #45/2021 da revista “AUTO BILD” e edição #46/2021 da “BILD am SONNTAG”, categoria “Melhor automóvel até 25.000 €”, incluindo incentivos ambientais.

Os comentários para esta postagem estão desativados.